Quem somos

23 de out de 2013

Piercing

Na primeira viagem à Índia, era aquela frescura sem fim... Escovava os dentes com água mineral, chai nem pensar, comida só em lugares de estrangeiros, desinfetante na bolsa, lenço umedecido... e por aí vai, um monte de restrição.
Já na segunda viagem, tudo parecia mais familiar, fiquei um pouco mais ousada, porém, a neurose estava sempre presente... dalí em diante, na terceira e quarta vez, já me sentia em casa, ainda com certas restrições e alguns medos, mas, tranquila e um pouco mais experiente.
Agora na quinta.. até colocar um piercing no hospital eu coloquei.
Sei que parece simbólico, mas, foi uma transformação que eu passei logo que cheguei aqui. Desembarquei e aquela estrada na madrugada de Bangalore para Mysore, o cheiro de Jasmim, as comidas, tudo parecia tão habitual e simples que eu relaxei.. e relaxei mesmo.
Comprei o brinco e fui na emergência do Hospital, depois de alguma espera, vem o Doctor, tira o sapato, faz um mantra na frente do altar e me chama para o andar de cima.
Lá, tiro os sapatos para atravessar uma porta, era a UTI, do outro lado, esse quartinho da foto abaixo no qual o furo foi feito.
No final, não sei se era vontade de colocar o piercing mesmo ou era a aventura da experiência, seja lá qual for, valeu a entrega.





Nenhum comentário: