Quem somos

29 de nov de 2011

do good and be happy anyway..

By Marza Tozo

"People are often unreasonable, illogical, and self centered; Forgive them anyway.
If you are kind, people may accuse you of selfish, ulterior motives; Be kind anyway way.
If you are successful, you will win some false friends and some true enemies; Succeed anyway.
If you are honest and frank, people may cheat you; Be honest and frank anyway.
What you spend years building, someone could destroy overnight; Build anyway.
If you find serenity and happiness, they maybe be jealous; Be happy anyway.
The good you do today, people will often forget tomorrow; Do good anyway.
Give the world your best you have and it may never be enough; Give the best you've got anyway.
You see, inte final analysis it is between you and God; It's never between you and them anyway".

Mother Teresa

28 de nov de 2011

Tadinhos




Um bom ano!!

Definitivamente 2011 está sendo um bom ano.. aliás, os últimos anos foram muito bons, incríveis.
Percebendo que estamos chegando no fim deste ciclo, por alguns segundos, fui avaliar o quanto valeu a pena e fiquei surpresa.. valeu demais!!
Bahia, Índia, Chapada dos Veadeiros, Rio de Janeiro... segunda série, vedanta e cantos... ayurveda, uma filha cheia de filhos, alunos - muitos alunos novos... um quase noivado... os planos saíram das ideias e foram parar no papel... e enfim, posso passar a tarde justificando a beleza de 2011.
Não apenas esse como os anteriores foram intensos, bem vividos e aproveitados. Foram experiências que eu conquistei pela presença, por acreditar que nossos verdadeiros sonhos podem ser reais e principalmente por confiar nas leis do universo e aceitar o tempo certo de cada momento.
Vou finalizar esse ano agradecendo e iniciar 2012 aberta para que ele seja - ao menos - tão bom quanto!!

26 de nov de 2011

25 de nov de 2011

Como agradar um cliente..

Fui na loja da Redley no Rio e me apaixonei por várias coisas.. sem grana depois de passar uma semana gastando, não comprei nada. Essa semana decidi entrar no site da marca e ver as possibilidades de compra on line.
Como é bom ser bem atendido... você escreve e eles respondem imediatamente, você compra e tudo chega lindo, no prazo combinado e com uma cartinha gentil agradecendo a preferência.

Na Track in Field eles trocam calça velha só porque estragou o bordado, se a costura abre eles te dão uma peça nova.. enfim, qualquer problema com a roupa você tem crédito e não conserto na peça - isso não tem preço.

Se o produto Anna Pegova não caiu bem na sua pele, eles recolhem e te dão crédito cheio para adquirir outro produto, sem contar que você tem toda assessoria no processo de escolha.

Essa coisa de dane-se o cliente - ele tem que gostar e pronto é uma merda...
Fiquei mal acostumada com toda essa regalia e definitivamente só vou comprar quando for bem atendida.

23 de nov de 2011

Doida, Eu?

E quando eu achei que estava tranquila, menos doida que o normal, lá vem aquelas grandes ideias para me tirar completamente os pés dos chão.
Agora ando eu tirando fotos nuas de mim mesma por aí.
Como assim? A resposta é simples "apenas um novo projeto".
Nudefy Me nova versão. Self Portrait!!
Você, talentosamente e com toda cara de pau do mundo, tira centenas de fotos suas e manda para o fotógrafo por email. Ué, até parece inversão de papéis... não é ele o fotógrafo, porque tenho eu que tirar as fotos?

Sinceramente achei que seria muito mais simples. Quando recebi a proposta logo pensei "ah, menos mal". Mas, não foi bem assim. Tudo é produto da sua produção "luz, câmera e ação. Intenção, amor próprio, ousadia e exposição".
Sei lá.. não foi fácil e também não foi normal. Parece que é exatamente do que gosto "coisas complexas e fora do padrão".
Curiosa para ver o resultado final.

14 de nov de 2011

7 de nov de 2011

e não há tempo que volte..



Felicidade & Sofrimento


"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade"
Carlos Drummond de Andrade


Definitivamente não entendo por que temos tanto medo de sofrer - querendo evitar o inevitável.
Seria muito mais prudente aprender a lidar melhor com os momentos difíceis do que fugir deles, visto que fugir do sofrimento é deixar de viver momentos felizes.




5 de nov de 2011

Lá vou eu de novo..

Gratidão

Essa é uma daquelas típicas imagens que faz a gente refletir sobre algo ou sair correndo da frente. No último feriado fizemos a prática dos 108 suryas, não apenas como uma forma de reverência ao sol que ilumina nossos dias e a nossa luz interna, essa prática veio com um algo a mais.
Cada surya seria de gratidão, onde os praticantes teriam que encontrar 108 motivos para se sentirem gratos naquele momento. No final da aula uma aluna disse "nossa precisava de mais uns 100 para conseguir agradecer tudo que eu queria".
Definitivamente nossa insatisfação prevalece no dia a dia, nada é como a gente quer, como planejamos que seria ou como gostaríamos, sempre aquela sensação de poderia ter sido melhor. Nada como repetir 108 flexões para rever nossos padrões e pelo menos por algumas horas nos sentirmos profundamente agradecidos por tudo que temos e somos nessa vida.

Estilo de Vida

Um aluno chegou aqui em casa usando toda aquela psicologia do tal "encantador de cães", falou sério com eles, brincou, deu biscoito, me olhou e disse:
- é muito mais que ter uma animal de estimação, é um estilo de vida!!
Fiquei passada com a conclusão dele, simplesmente perfeita.
Quantas coisas deixo de fazer para estar com eles, levar para passear, dar um carinho e um cheiro de boa noite.
Se viajo, quando volto sempre ouço "eles não comeram, o pelo está caindo, dor de ouvido... e a lista cresce junto com a saudade".
Receber todo aquele amor quando abro a porta de manhã, quando chego no portão ou quando estaciono o carro na garagem não tem preço.
Vale a pena deixar muita coisa para trás só para estar com eles!!