Quem somos

30 de set de 2011

Rio de Janeiro







O Rio de Janeiro continua lindo!!
Praia, paisagens, favela, vida de cidade grande na beira do mar, shoppings, cariocas sem educação, gringos por todo lado, esportes e toda a diversidade possível.
Valeu a trip.. conferir que depois de muitos anos, O Rio continua mesmo lindo.

12 de set de 2011

Breath in Breath out

Vale a pena ver...

enquanto ainda está no ar!!



Sabedoria

"Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões.
Porque quase tudo - expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar - caem diante da morte, deixando apenas o que é importante.
Lembrar que voce vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que voce tem algo a perder.
Voce já está nu. Não há razão para não seguir seu coração."
Steve Jobs

8 de set de 2011

Linguagem Corporal

Coluna Vertebral:
É o suporte do corpo. Simboliza nossas raízes genealógicas e tudo que suportamos dos dilemas da vida. É como um grande pilar de um edifício, onde a parte invisível é a que sustenta a estrutura toda. A parte invisível, no caso da coluna, são nossos antepassados.
(...) Desvio da coluna significa que a pessoa tem medo de tomar decisões importantes porque teme perder ou magoar alguém. Ela está normalmente lotada de responsabilidades, sendo que a maioria dessas responsabilidades não deveria ser sua. Costuma assumir tarefas dos outros e, com isso, suas costas ficam sobrecarregadas. Por mais que ore, essa pessoa tem sempre dúvidas e não confia plenamente no futuro. Saiba que tentar apoiar-se em velhos pensamentos - por falta de habilidade para suportar a vida - provoca desvio de vértebras. E, pensamentos travados, "travam" a coluna. Aprenda a respeitar seus limites e respeite-se acima de tudo, pois sua coluna foi projetada p suportar você, e não o mundo. Cuidado com o volume dos pensamentos e das emoções que vc carrega.

Vértebras cervicais:
Problemas com elas significam que a cabeça está sem apoio, confusa, com medo do ridículo, indecisa, amargurada, sente-se sobrecarregada e se acha responsável pelos problemas dos outros. Denotam ainda sentimento de culpa, ressentimento e tudo que for relacionado ao excesso de responsabilidade. Procure ser mais flexível consigo mesmo e não tente "carregar" mais do que pode.

Difícil ser eu mesma

Não que seja preciso explicações... mas, digamos que eu sumi por falta de tempo.
Não que estava trabalhando freneticamente... mas, o suficiente para me deixar distante.
Senti saudades... mas, só fui perceber isso agora!!

Entrei no ritmo e me adaptei ao esquema... mas, o ritmo mudou.
E mais uma vez readaptação, junto com toda essa chuva, gerou uma melancolia.

Óxente.. as vezes é tão difícil ser eu mesma.
Há algumas semanas atrás estava eu reclamando que não tinha tempo para estudar, escrever no blog e fofocar no facebook. Agora aqui estou eu, publicamente lamentando que não quero estudar, não tenho assunto para postar e o facebook não interessa mais.
Menos mal que eu percebo o processo de insatisfação crônica e sigo sorrindo. Me sinto patética... mas, relaxo.
Observar, transformar e aceitar faz parte da jornada. Afinal, não há nada verdadeiramente REAL para reclamar.
Vou seguir percebendo o fluxo, praticando, estudando.. seja lá o que for.

6 de set de 2011

Já que eu sumi...

Vou postar um vídeo para distrair e relembrar meus bons tempo de blogueira.
A música não é uma das favoritas, mas a coreografia é muito boa.